D. Sebastião

D_Sebastiao_Dez2009

Sebastião foi o décimo sexto rei de Portugal, cognominado “O Desejado” por ser o herdeiro esperado da Dinastia de Avis, mais tarde nomeado “O Encoberto” ou “O Adormecido”. Foi o sétimo rei da Dinastia de Avis, neto do rei João III, de quem herdou o trono com apenas três anos. A regência foi assegurada pela sua avó Dona Catarina e pelo Cardeal Henrique, até completar os 14 anos de idade.

Aos 14 anos assumiu a governação do reino. Sendo jovem, era muito religioso e influenciável e o seu sonho eram as grandes batalhas de combate aos infiéis e o seu projeto era conquistar Marrocos aos muçulmanos. Alguns portugueses partilhavam esta ideia. Desde que a Índia começara a dar mais prejuízos que lucros, muita gente estava mais de acordo em partir para as conquistas no Norte de África do que manter o Império do Oriente.

Motivado pelas glórias do passado, especialmente pelos feitos de D. Afonso Henriques, decidiu partir para Marrocos com um exército de 17 000 homens, num empreendimento militar. Os conselheiros mais experientes na guerra, aconselharam-no a não se afastar da costa mas o rei resolveu avançar para o interior com as suas mal preparadas tropas.

Foi derrotado na batalha de Alcácer-Quibir em 1578, o  que levou ao desaparecimento de D. Sebastião em combate e da nata da nobreza, iniciando a crise de sucessão ao trono de 1580 e levou à perda da independência para a dinastia Filipina e ao nascimento do mito do Sebastianismo. Este mito baseava-se na crença popular de que D. Sebastião não tinha morrido e iria regressar a Portugal numa manhã de nevoeiro. Nessa altura, reclamaria o trono e ficaríamos de novo independentes.

Tal não aconteceu e, devido à insensatez do rei D. Sebastião, fomos governados pelos “Filipes” de Espanha durante 60 anos.

 

Trabalho realizado pelos seguintes alunos do 6º D:

Ana Carolina, nº 3

André, nº 4

Beatriz, nº 5

Bruna, nº 6

Catarina, nº 7

David Cruz, nº 8

Filipa, nº 9

João Machado, nº 10

Juliana, nº 11

Joana Machado, nº 12

Marcelo Albuquerque, nº 13

Marco Loureiro, nº 14

Mariana Ferreira, nº 15

Nelson Santos, nº 16

Ricardo, nº 17

Rui, nº 18

Tiago Cardoso, nº 20

Categories: Uncategorized | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

site na WordPress.com.

%d bloggers like this: